quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Coisa mai fofa ...


No fim de semana estive em casa da R* para um lanche entre gajas...

Matei saudades da Diana (a S.Bernardo), da Kitty (a gata com 3 meses) e dos miúdos - a Mafalda e o Gugas.

A Mafalda quando me vê pendura se logo no meu pescoço :) e estraga me com mimos! Tão boa! O Gugas, esse, dá me o beijinho e o xi de sempre e fica meio tímido... tem 10 anos... é um fofo, tem uma bochechas tão boas... Mas estranhamente no domingo quis me mostrar o jogo novo da PSP ... E esteve sempre por perto... A Mafalda de um lado, e o Gugas do outro... Isto porque a Diana estava esticada em frente á lareira a dormir!

O Gugas está a passar um mau bocado com o divórcio dos pais, e faz tudo para chamar a atenção. Tem uma enorme carência de afecto... E eu, que sei disso de antemão, tento dar lhe toda atenção possível... Então comecei a meter me com ele:


Eu - Então e a tua namorada? Era a Catarina, num era?..

Gugas - Oh!! Já não tenho namorada... Ela era uma chata!!

Eu - Coitadiiinha!! Isso num se diz...

Gugas - Mas é verdade... E...Olha...

Eu - Hum?

Gugas - Se tivesses 10 anos querias ser minha namorada?

Eu - Claaaaaaro!!! Há dúvidas???

Gugas - Porquê?

Eu - Porque és um querido!

Gugas - Ah! tá bem! Queres ver os toques que tenho no meu telemóvel?

Eu - Mostra, mostra...


(...)


Há coisa mais fofa?


Beijinho*

8 comentários:

Girl in the Clouds disse...

Que fofo!!

O Meu Blog disse...

Ooooohhhh... Tao fofinho... :) Hehehe

Girl in the Clouds disse...

Um miminho para ti no meu blog!!

anaferro disse...

:D as crianças proporcionam sempre momentos fantásticos como este!

São tão puras no sentir, mesmo no sentir as coisas mais complicadas da vida.

E tu, tão fofinha :) hehe

Isa disse...

As crianças é que sofrem com estas situações, por mais atenção que se lhe dê!

@me@@@ disse...

são as crianças quem mais sofre num processo de separação, mas ainda assim, é preferivel viverem esse processo a viverem numa casa onde não existe harmonia!

Olhos Dourados disse...

É fofo.

the bloom girl disse...

Num divórcio, quem sofre mais são sempre eles.